top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

10 dicas para aprimorar sua prática de Yoga

Ao longo dos anos de prática e ensino de yoga, acumulei alguns ensinamentos importantes, fruto de aprendizados com outros professores, observações dos alunos e até mesmo insights intuitivos. Acredito que essa bagagem pessoal é valiosa e pode contribuir para o aprimoramento de cada um na sua jornada do Yoga.

mulher praticando yoga

Pensando nisso, decidi compartilhar dez dicas essenciais que me ajudaram a fortalecer minha prática, física e mentalmente. Espero que elas também te inspirem e auxiliem em sua busca por um yoga cada vez mais fortalecedor e transformador.


1. Alinhar o pescoço: Alinhar o pescoço e manter a coluna ereta durante a prática de yoga é fundamental para garantir uma experiência segura e eficaz. O pescoço e a coluna servem como eixos centrais do corpo, e um alinhamento adequado ajuda a distribuir o peso de forma equilibrada, prevenindo lesões e promovendo uma postura correta. Ao manter o pescoço alinhado, você evita a sobrecarga nas vértebras cervicais e reduz o risco de tensão muscular e dores. Além disso, uma coluna ereta promove uma melhor circulação sanguínea e respiratória, facilitando a entrada de oxigênio nos pulmões e estimulando o fluxo de energia pelo corpo. Portanto, dedicar atenção ao alinhamento do pescoço e da coluna durante a prática de yoga não só aprimora a postura física, mas também contribui para uma experiência mais profunda de conexão mente-corpo.

 

2. Explore Diferentes Estilos: Existem diversos estilos de yoga, cada um com ênfase em diferentes aspectos. Experimente diferentes estilos para descobrir qual é o mais adequado para você e os seus objetivos de fortalecimento.

  • Hatha Yoga: Base do yoga moderno, com ênfase em posturas físicas (asanas) que fortalecem e alongam os músculos.

  • Vinyasa Yoga: Combina sequências dinâmicas de asanas, conectando movimento e respiração, promovendo força e resistência.

  • Ashtanga Yoga: Série fixa de posturas progressivamente desafiadoras, exigindo força, flexibilidade e concentração.

 

3. Dor não é ganho: É importante respeitar e não ultrapassar os limites do seu corpo. Yoga não é performance e nem competição com o colega ao lado. Ouça seu corpo e se você sentir uma pontada de dor ou tensão, suavize a profundidade da sua postura e respire. Descubra os limites do seu corpo com respeito.

 

4. Antes e depois da aula: Antes da aula de yoga, reserve um tempo para se preparar mentalmente, desligando-se das distrações do dia e entrando em um estado de calma e receptividade. Praticar algumas respirações profundas ou meditação breve pode ajudar a estabelecer esse estado de tranquilidade. Após a aula, permita-se alguns momentos de introspecção, refletindo sobre as sensações físicas e emocionais que surgiram durante a prática. Hidrate-se bem e escolha alimentos nutritivos para recarregar suas energias. Aproveite esse momento pós-yoga para estender os benefícios da prática, mantendo uma atitude de paz e equilíbrio ao longo do dia.

 

5. Incorpore props (acessórios): Props como blocos, cintas e almofadas podem auxiliar na realização correta das posturas, protegendo as articulações e permitindo que você explore alinhamentos mais desafiadores.

 

6. Meditação, não é tão assustadora quanto parece: Comprometa-se com uma prática diária e profunda de meditação. Em vez de mergulhar em uma longa meditação, comece com meditações curtas. Coloque o despertador cinco minutos mais cedo e, ao acordar de manhã, vá para o seu lugar preferido da casa e simplesmente sinta a energia da manhã, sem precisar fazer ou ser nada. Com o passar do tempo, seu espírito vai querer mais e, à medida que for apropriado, você poderá aumentar a duração de suas meditações.

 

7. Um tapete para chamar de seu: Mesmo que o estúdio de Yoga ofereça tapetes, é altamente recomendável investir em um tapete de Yoga próprio. Além da questão higiênica, ter o seu próprio tapete pode contribuir para uma experiência mais pessoal e energética durante a prática. É reconfortante saber que você é a única pessoa que utiliza aquele tapete, criando um ambiente mais íntimo e alinhado com suas próprias energias

 

8. A magia da almofada para os olhos: Experimente usar uma almofada para os olhos durante o shavasana para aprofundar ainda mais o relaxamento. A suave pressão da almofada sobre os olhos ajuda a bloquear a luz e a acalmar os músculos oculares, promovendo uma sensação de escuridão reconfortante. Isso pode ajudar a acalmar a mente e a induzir um estado de relaxamento mais profundo durante essa postura de descanso final.

 

9. Isso me incomoda: Torne-se consciente de tudo o que você está sentindo e observe como isso afeta sua prática. Às vezes você pode se incomodar com um barulho fora da sala de Yoga ou a forma de praticar de algum colega esteja te distraindo. Pode ser uma respiração alta, ruídos ou até mesmo uma prática mais intensa de alguém que faz você se sentir um pouco inferior. Em vez de tentar “bloquear”, deixe que essa distração faça parte da sua prática para ajudá-lo a aprender mais sobre você.

 

10. Equilíbrio: Tem dias que sua postura de equilíbrio não vai acontecer. O equilíbrio é uma interação complexa entre corpo e mente, e pode ser influenciado por diversos fatores. Por exemplo, em dias em que nos sentimos mais agitados, cansados ou ansiosos, é natural que o equilíbrio físico nas posturas seja desafiado. Além disso, a alimentação desempenha um papel crucial: uma dieta rica em sódio pode levar à retenção de líquidos, afetando o equilíbrio devido à possível sensação de inchaço e instabilidade. Da mesma forma, a desidratação pode comprometer o equilíbrio, pois afeta a função muscular e a coordenação. Até mesmo o clima pode desempenhar um papel, como percebo pessoalmente: o frio pode causar contração muscular e diminuição da circulação, o que torna mais desafiador manter o equilíbrio.

 

Quer você seja novo no yoga ou já tenha uma prática diária consolidada, essas dez dicas podem ser o ingrediente extra que você está buscando para elevar ainda mais a sua experiência na jornada do yoga.



10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Комментарии


bottom of page