top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Técnicas e Caminhos dos Yogas

Até mesmo para um praticante ou estudante avançado de Yoga pode ser um pouco confuso entender todos os tipos e estilos de yoga e identificar suas origens e as diferenças entre eles. Este artigo faz parte das minhas anotações e estudo e pode conter frases e trechos de autores que não anotei na época.



Vedas

A primeira vez que se tem registro da palavra Yoga é no Rig Veda, o documento mais antigo da literatura indiana composta por uma coleção de hinos e rituais de oferenda às divindades escrito por volta de 1700 a.C.. Sabe-se que a princípio o Yoga era transmitido de forma oral de mestre para discípulo, portanto pressupõe que o Yoga é muito anterior a tal escrito. A palavra yoga que significa união é mencionada neste texto pela primeira vez com o sentido de unir a mente ao divino, criando um estado puro de consciência transcendente.


Bhagavad Gita

Já no Bhagavad Gita é mencionado vários caminhos para a libertação, os quais viriam a se tornar várias escolas tradicionais de Yoga. Bhagavad Gita descreve os seguintes caminhos:

  • caminho da ação desinteressada (Karma Yoga)

  • caminho do conhecimento (Jnana Yoga)

  • caminho da devoção (Bhakti Yoga)


É interessante notar que em todos esses textos eles mencionam brevemente sem dar maiores detalhes, pressupondo que Yoga já era uma prática bem conhecida do povo da época e não necessitava de maiores explicações.


Yogas Sutras de Patanjali

Apenas no séc. II a.C que Patanjali nos Yoga Sutras finalmente sistematiza o Yoga descrevendo oito passos para alcançar o samadhi, o objetivo final de qualquer linha do Yoga, também conhecido como libertação.


Ashtanga* Yoga

Patanjali descreve o Yoga de 8 membros e compreende:

  1. Yamas: não violencia, honestidade, não roubar, preservação da energia vital e desapego.

  2. Nyamas: purificação, contentamento, auto estudo, disciplina e entrega.

  3. Asanas: posturas

  4. Pranayamas: respiração

  5. Pratyahara: retração dos sentidos

  6. Dharana: concentração

  7. Dhyana: meditação

  8. Samadhi: absorção meditativa


Kriya Yoga

Patanajali também apresenta o Kriya Yoga como um meio prático para um individuo comum que leva uma vida mundana poder alcançar o samadhi. Kriya Yoga compreende:

  • Tapas: disciplina

  • Svadhyaya: autoestudo

  • Isvarapranidhana: entrega e devoção à Deus


Tapas é geralmente representado pela prática de pranayama, Svadhyaya pode acontecer atravez da recitação de mantras (Omkara, Gayatri, etc.) e Isvarapranidhana é entrega total e absoluta à Deus.


Hatha Yoga

O Hatha Yoga surge na era tântrica quando o praticante não nega mais o corpo, e sim usa o corpo como ferramenta para atingir Samadhi. A única escolha de Yoga que existe asanas (posturas) descritas é o Hatha. Antes disso, patanjali cita a palavra asana, mas não descreve sequer uma postura, dizendo apenas que o asana deve ser estável e confortavel para que se possa realizar as outras técnicas como pranayama e meditação.


As técnicas praticadas dentro do Hatha Yoga tem como objetivo a complementação do controle dos processos mentais com as práticas corporais. São 7 técnicas:

  1. Asanas

  2. Kriyas

  3. Pranayamas

  4. Mudras e Bandhas

  5. Dharana

  6. Dhyana

  7. Samadhi

O Hatha Yoga também dá muita importância à alimentação. No Hatha Yoga Pradipika, texto clássico do Yoga, está escrito que a alimentação deve ser pura. O alimento gera a natureza da mente, por isso devemos escolher alimentos que são puros o suficiente para ser capaz de gerar uma mente pura.


*Não confuda [deturpe] o Ashtanga Yoga de Patanjali com o Ashtanga moderno.

Hoje em dia existe um estilo moderno de Ashtanga Yoga criado e desenvolvido por Pattabhi Jois. Não confundir este estilo moderno com o estilo tradicional de Patanjali.

De origem duvidosa, Ashtanga é surgiu da interpretação de um texto antigo chamado Yoga Kuruntha, que apenas o mestre Tirumalai Krishnamacharya teve acesso. Foi baseado neste texto (que simplesmente sumiu e nenhum dos viventes de hoje leu 🤔) que Krishnamacharya e seus alunos, especialmente Pattabhi Jois, criaram o Ashtanga Vinyasa, na Escola de Yoga (shala) em Mysore, na Índia.



92 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page