top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Um cérebro treinado para se manter calmo diante do estresse

Atualizado: 15 de fev. de 2021

Antes que possamos entender como o Yoga treina o cérebro, precisamos entender a neuroplasticidade . Neuroplasticidade é a capacidade do cérebro de se reconectar com base na experiência. Tudo o que fazemos muda a estrutura e a composição química do nosso cérebro. Hábitos (bons ou ruins) reforçam certos caminhos e, quanto mais forte o caminho, mais difícil é romper com ele.



Digamos, por exemplo, que você esteja tentando criar um hábito de beber um copo de água logo de manhã. Talvez você defina um alarme para lembrá-lo no início, mas depois de um tempo você não precisará desse alarme. Automaticamente você passa a pegar um copo de água quando acordar. Este é o efeito da neuroplasticidade: você treinou esse caminho em seu cérebro, portanto, mesmo se você não estiver pensando nisso, seu cérebro entrará automaticamente no modo "pegue um copo de água" quando acordar, transformando isso em um hábito.


Agora vamos conectar isso ao Yoga

Pensa na última vez que seu professor de Yoga te deixou por um tempo prolongado em uma postura desafiadora. Seus braços e pernas começaram a tremer, suas coxas começaram a queimar, seu abdômen começou a doer: foi uma situação bastante estressante e desconfortável. Enquanto isso, sua professora de Yoga mantém a mesma postura com um olhar sereno no rosto, pedindo para você manter a respiração profunda e suave e relaxar o esforço.

Naquele momento, você provavelmente queria estrangulá-la, mas ela estava fazendo algo realmente útil para o seu cérebro. Ela estava te treinando para manter a calma em situações estressantes.


Já estabelecemos que a respiração profunda provoca relaxamento em todo o corpo. E agora sabemos que, devido à neuroplasticidade, quando fazemos algo repetidamente, torna-se mais fácil e mais automático para o nosso cérebro.


"Se continuarmos colocando nosso corpo em situações estressantes enquanto usamos a respiração para nos mantermos calmos (que é exatamente o que fazemos no yoga), nosso cérebro acabará aprendendo que, quando confrontado com uma situação estressante, deve permanecer calmo."

Portanto, se continuarmos colocando nosso corpo em situações estressantes enquanto usamos a respiração para nos mantermos calmos (que é exatamente o que fazemos no yoga), nosso cérebro acabará aprendendo que, quando confrontado com uma situação estressante, deve permanecer calmo.


É por isso que você se sente tão bem ao final de uma prática de Yoga.


63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page