4_edited.png

A LÓTUS & A ESPIRAL

A lótus

No oriente, a flor de lótus significa pureza espiritual. O lótus (padma), é uma planta aquática que floresce sobre a água. A água lodosa que acolhe a planta é associada ao apego e aos desejos carnais, e a flor imaculado que desbrocha sobre a água em busca de luz é a promessa de pureza e elevação espiritual.

Nas religiões asiáticas, a maior parte das divindades costumam surgir sentadas sobre uma flor de lótus durante o ato de meditação. No simbolismo budista, o significado mais importante da flor de lótus é a pureza do corpo e da mente.

Na literatura clássica de muitas culturas asiáticas, a flor de lótus simboliza elegância, beleza, perfeição, pureza e graça. 

A flor de lótus representa um mistério para a ciência, que não consegue explicar a característica própria que possui de repelir microrganismos e particular de pó.

Na Yoga, a posição de lótus (Padmasana) é a postura tradicional de meditação, em que a pessoa sentada entrelaça as pernas repousando cada pé na coxa oposta e descansa as mãos sobre os joelhos.

A espiral

As espirais são símbolos celtas encontradas em vários artefatos e construções antigas. O seu significado reside na beleza e na simplicidade dos seus traços. Para os celtas, as espirais representam o equilíbrio do universo dentro de nós, ou seja, o equilíbrio espiritual interior e a percepção exterior. 

Elas formam um padrão que começa pelo centro e se deslocam para fora ou para dentro, conforme a sua configuração. Para o celtas, uma espiral em sentido anti-horário era um sinal de mau agouro. Já as espirais com movimento no sentido horário estão associadas ao sol e à harmonia com a Terra ou movimentos que presentam a expansão. De um modo geral, as espirais representam o ciclo da vida, da morte e do renascimento. As espirais da vida são belas representações da eternidade da alma.

Por que escolhi esse logo?

Misturei a lótus, um símbolo asiático e significativo para o Yoga, com a espiral que é um símbolo celta. Tenho uma queda pelo povo, cultura e religião celta. Escolhi a espiral girando no sentido horário para simbolizar a evolução, expansão e transcendência conquistada pela prática do Yoga. A lótus com três pétalas possui vários significados para mim. O três é um número sagrado para os celtas. Para os cristão, simboliza a trindade (pai, filho e espirito santo); simboliza também a trindade hindu (Brahma, Vishnu e Shiva); para os pagãos a Deusa tríplice (donzela, mãe e anciã); e no Yoga representa nossos três corpos energéticos (corpo físico, causal e astral).