top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

6 mulheres inspiradoras do Yoga

Atualizado: 16 de fev. de 2021

O Dia Internacional da Mulher é comemorado mundialmente no dia 08 de março. A data frisa a importância da mulher na sociedade. E para celebrar essa data trouxe para vocês conhecerem 6 mulheres inspiradoras do mundo do Yoga.


Tao Porchon-Lynch

@taoporchonlynch100


Tao Porchon-Lynch foi premiada com o Guinness World Records por ser a mais velha professora de yoga e a mais antiga dançarina do sexo feminino, Começou a dançar profissionalmente aos 87 anos. Porchon-Lynch viveu de acordo com seu mantra pessoal: "Não há nada que você não possa fazer" e "Acorde todos os dias pensando que será um ótimo dia, e será. ” Ela foi uma inspiração pois mostrou que o Yoga é para todos e que idade não significa nada dentro do Yoga. Aliás, idade não significa nada e ponto. Tao morreu na sexta-feira 21 de fevereiro de 2020 aos 101 anos. Deu sua ultima aula de Yoga no dia 16 de fevereiro.



Jessamyn Stanley

@mynameisjessamyn


Jessamyn é professora de yoga, advogada e escritora e tem tudo a ver com amor próprio, não importa qual seja a forma, peso ou tamanho do seu corpo. Ela mostra que essas características físicas não significam nada dentro do Yoga. Ela não liga para padrões e nem almeja ser uma modelo. A única coisa com que ela se preocupa é ser uma pessoa que não se odeia. Ela aplica com maestria os princípios de aceitação dentro e fora do tapetinho.





Maris Degener

@yogamaris


Se você ainda não ouviu falar de Maris, corre para o Netflix e assista o documentário Cura pelo Yoga que fala sobre a história dela. Maris começou a praticar Yoga aos 14 anos como um método para curar seu corpo, mente e espírito de um distúrbio alimentar. Aos 16 anos se tornou professora de Yoga certificada e desde então seu objetivo é se conectar com outras pessoas e divulgar a realidade das doenças mentais e mostrar que a cura é realmente possível.


Sirlene Spitaletti

@sirlene_spitaletti

Sirlene é para mim é sinônimo de animação e alegria. Ela sempre está de bom humor e sabe muito bem como é aproveitar as oportunidades que a vida nos traz. Ela vive de verdade no momento presente. Aposentada, ela iniciou seus estudos no Yoga aos 56 anos. Além do Yoga ela pedala todos os dias pelas ruas de São Paulo e não perde uma oportunidade de pedalar em outras partes do mundo. Enfrentou e venceu um câncer de mama. Sirlene nos ensina que sair da caixa e superar medos tem suas recompensas. Hoje Sirlene dá aulas de Yoga e está à frente de um projeto de Yoga Solidário.


Margo

@omyogassho


Conheci a Margo num projeto de Yoga Solidário com idosos em uma casa de repouso. Logo de cara fiquei encantada com o carinho que ela tratava e cuidava dos alunos do asilo. Formada em enfermagem, hoje ela se dedica a levar o Yoga a todas as pessoas interessadas nessa tradição. Margo foi uma pessoa que me ensinou muito sobre como trilhar o caminho do Yoga. Ela me mostrou que aprendemos mais com os alunos, do que eles conosco.


Ângela Bueno

@angelabueno.yoga

Ângela é formada em Administração tem MBA e pós graduação na área. Em um momento da carreira, ela sentiu que precisava se desafiar com algo totalmente diferente do que estava acostumada. Dividida entre iniciar um mestrado ou se aprofundar no Yoga. Escolheu a segunda opção. Conheci a Ângela pelo Instagram e não demorou muito até que nos encontrássemos em SP. Admiro a história da Ângela por ela mostrar que nem sempre é necessário largar uma profissão para se dedicar a outra. Hoje Ângela se divide fazendo auditoria em empresas e é instrutora certificada de Yoga.

352 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page