top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Dharma, Artha, Kama e Moksha

Purusharthas é um termo sânscrito que se refere aos quatro objetivos ou metas da vida humana de acordo com a tradição hindu. Esses objetivos são Dharma, Artha, Kama e Moksha, que representam diferentes aspectos da vida e devem ser buscados de maneira equilibrada e integrada.

Pedra branca na areia branca

Esses quatro objetivos são considerados interligados e interdependentes. O dharma fornece o fundamento para os outros três, pois é a base da moralidade e da justiça. O artha é necessário para sustentar a vida e proporcionar meios para alcançar os outros objetivos. O kama é importante para a satisfação pessoal e o bem-estar. E o moksha é o objetivo final da vida, a libertação do sofrimento e da impermanência


A busca pelos Purusharthas é considerada uma jornada espiritual para alcançar a felicidade, a realização pessoal e a união com o divino. Acredita-se que uma vida bem-sucedida é aquela em que todos os Purusharthas são perseguidos e alcançados de maneira equilibrada, seguindo os princípios do dharma e da ética.


Dharma

Este termo se refere ao dever, ética, moral e responsabilidade. É o caminho certo ou o dever correto que uma pessoa deve seguir ao longo da vida. Dharma está relacionado ao cumprimento de deveres e responsabilidades de acordo com as normas sociais e morais. Seguir o dharma é considerado um caminho para a felicidade e a realização pessoal, além de contribuir para a harmonia e o bem-estar da sociedade. Dharma é considerado o mais importante dos quatro purushartas, pois é a base para os outros três.


3 formas práticas de praticar o conceito de Dharma no cotidiano:

  1. Agindo com compaixão: Uma forma importante de praticar Dharma é através da compaixão e do cuidado com os outros. Isso pode envolver ajudar as pessoas que estão em necessidade, ser gentil e respeitoso com as pessoas ao seu redor, ou ainda, praticar atos de bondade aleatórios.

  2. Encontrando significado no trabalho: Dharma também se refere à realização pessoal e profissional. É importante encontrar um trabalho que seja significativo e alinhado com seus valores pessoais e objetivos de vida. Isso pode envolver buscar oportunidades de trabalho que permitam contribuir para uma causa maior, ou ainda, desenvolver habilidades e conhecimentos que possam ser utilizados para fazer a diferença no mundo.

  3. Buscando o autoconhecimento: Dharma também se refere à busca do autoconhecimento e da sabedoria. Isso pode envolver explorar seus próprios valores, crenças e objetivos, bem como buscar novas experiências que permitam expandir sua compreensão do mundo e de si mesmo. Você pode encontrar formas de praticar a meditação, yoga ou outras práticas de autodesenvolvimento que ajudem a cultivar uma maior consciência de si mesmo e do mundo ao seu redor.


Artha

Se refere ao objetivo material e financeiro da vida, como obter segurança financeira, prosperidade e prestígio social. É importante lembrar que o artha deve ser conquistado de maneira ética e honesta, seguindo os preceitos do dharma.


3 formas práticas de praticar o conceito Artha no cotidiano:

  1. Equilibrando as finanças: Artha é um conceito que se refere à riqueza material e financeira. Para praticá-lo, é importante encontrar um equilíbrio entre ganhar dinheiro suficiente para viver confortavelmente e gastar dinheiro de forma consciente e responsável. Você pode começar fazendo um orçamento e seguindo-o rigorosamente, evitando dívidas desnecessárias e economizando para objetivos importantes.

  2. Buscando propósito no trabalho: Artha também se refere à realização pessoal e profissional. É importante buscar um trabalho que seja gratificante e que traga um senso de propósito para sua vida. Isso pode envolver explorar novas oportunidades de carreira, adquirir novas habilidades ou encontrar maneiras de se envolver em projetos ou atividades que você é apaixonado.

  3. Praticando a generosidade: O conceito de Artha também inclui a ideia de que a riqueza deve ser compartilhada com os outros. Praticar a generosidade pode ajudá-lo a se sentir mais conectado com as pessoas ao seu redor e a contribuir para uma sociedade mais justa e igualitária. Isso pode envolver doações para caridade, voluntariado ou simplesmente ajudar um amigo ou vizinho em necessidade.


Kama

Se refere ao prazer sensorial e emocional, aos desejos e prazeres mundanos, incluindo o amor, o sexo e o entretenimento. Embora seja importante satisfazer esses desejos, eles devem ser equilibrados e harmonizados com outros aspectos da vida, como o dever religioso e moral.


3 formas práticas de praticar o conceito de Kama no cotidiano:

  1. Prazer da comida: Uma forma simples de praticar Kama é através da alimentação. Você pode se permitir experimentar sabores novos e diferentes, cozinhar para si mesmo e para outras pessoas, ou ainda, explorar novos restaurantes e pratos da sua cidade. É importante encontrar um equilíbrio saudável entre desfrutar da comida e manter uma dieta equilibrada e saudável.

  2. Encontrando prazer em atividades físicas: Kama também pode ser alcançado através de atividades físicas que trazem prazer e satisfação pessoal. Isso pode incluir dançar, praticar yoga, caminhar ao ar livre, ou ainda, encontrar uma atividade esportiva que você goste e se divirta enquanto pratica.

  3. Cultivando relacionamentos íntimos: Kama também se refere ao prazer sexual, emocional e relacionamentos íntimos. Isso pode envolver fortalecer e cultivar relacionamentos existentes, seja com parceiros amorosos ou amigos próximos, ou ainda, buscar novas conexões e relacionamentos íntimos. É importante lembrar que a intimidade pode assumir muitas formas diferentes e que o prazer emocional pode ser encontrado em diferentes tipos de relacionamentos.


Moksha

Se refere à libertação do ciclo de nascimento, morte e renascimento, alcançando a união com o divino e a realização espiritual completa. É o objetivo final da vida humana de acordo com a tradição hindu. Alcançar o moksha é considerado um processo de purificação interna e desenvolvimento espiritual, que envolve a renúncia aos desejos mundanos e a busca pela verdadeira natureza do ser.


3 formas de praticar ou alcançar Moksha:

  1. Praticando a renúncia: Uma forma de alcançar Moksha é através da renúncia material e do desapego. Isso pode envolver deixar de lado as ambições mundanas, o apego aos bens materiais e as emoções egoístas. É importante lembrar que essa forma de prática requer uma compreensão profunda dos ensinamentos espirituais e um compromisso total com a jornada em direção à iluminação.

  2. Buscando o conhecimento espiritual: A busca pelo conhecimento espiritual é uma parte fundamental da jornada em direção à Moksha. Isso pode envolver a leitura e estudo dos textos sagrados, a participação em cerimônias religiosas, a prática de meditação, ou ainda, encontrar um guia espiritual ou guru que possa orientá-lo em sua jornada.

  3. Praticando o autoconhecimento: A prática do autoconhecimento é fundamental para alcançar Moksha. Isso pode envolver a autoanálise, a reflexão sobre a vida e as experiências, e a busca pela verdadeira essência do ser. É importante lembrar que essa prática requer um compromisso total com a jornada espiritual e uma disposição para enfrentar os desafios e obstáculos ao longo do caminho.


Esses quatro Purusharthas são considerados metas legítimas da vida em diferentes estágios e em diferentes graus para as pessoas na tradição hindu. A ênfase dada a cada um deles pode variar de acordo com a fase da vida e a escola de pensamento dentro do hinduísmo.


A tradição religiosa e filosófica hindu é rica em conceitos e ensinamentos que oferecem uma visão completa da vida humana. Dharma, Artha, Kama e Moksha são conceitos importantes que representam diferentes aspectos da vida humana e são fundamentais para alcançar a felicidade e a realização pessoal.


A compreensão desses conceitos pode fornecer uma perspectiva valiosa sobre a vida e seus propósitos. Seguir o dharma e equilibrar as buscas de artha e kama é considerado um caminho para alcançar o moksha, o objetivo final da vida humana de acordo com a tradição hindu. É importante lembrar que esses conceitos são abertos a interpretações pessoais e que a jornada para a realização pessoal e espiritual é única para cada indivíduo.

227 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page