top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

8 técnicas de aterramento para acalmar a mente

Após anos dedicados à prática do Yoga e da meditação, minha jornada me levou a uma descoberta fascinante: as técnicas de aterramento, também conhecidas como "grounding", que se entrelaçaram de maneira profunda com meu estudo do Ayurveda.


pés pisando na grama
Técnica de grounding: conexão com a terra

Ao longo do tempo, mergulhei nas profundezas da minha prática, buscando conexões mais íntimas comigo mesma e com o universo que me cerca. Foi então que comecei a compreender a importância de me enraizar, de me conectar com a terra de forma consciente, permitindo que a energia fluísse livremente através de mim.


Mas o grounding vai muito além de pisar descalço na terra. Envolve vários outros exercícios de aterramento que tem como objetivo trazer você de volta ao presente e te enraízar e ancorar no aqui e agora.


A medida que me aprofundava nos ensinamentos do Ayurveda, percebi que essa conexão entre yoga e meditação védica me trouxe uma compreensão mais profunda das técnicas de aterramento. Com o propósito claro de nos alinhar ao presente e nos proporcionar uma serenidade revitalizante, muitas dessas técnicas são intrinsecamente entrelaçadas com as tradições do Ayurveda.


Essa descoberta trouxe um novo significado à minha prática diária, ao unir o antigo conhecimento do Ayurveda, do Yoga e da Meditação com as técnicas contemporâneas de aperfeiçoamento pessoal, criando um ciclo virtuoso de autodescoberta e bem-estar.

Exercícios de aterramento trazem você de volta ao presente e te enraízam e ancoram no aqui e agora

Através dessa exploração, pude experimentar em primeira mão como essas práticas moldaram meu dia a dia, permitindo-me navegar pelas adversidades com uma nova perspectiva e energia.


Mas por que essas técnicas de aterramento se tornaram tão cruciais em minha vida? Imagine a sensação de estar sem âncora, com sua atenção sendo puxada em todas as direções. É um sentimento de instabilidade, tanto no corpo quanto na mente. Embora a empolgação seja natural, quando a falta de foco e desânimo se tornam a norma, é hora de restaurar o equilíbrio. E é aí que entram as práticas de aterramento, trazendo a serenidade necessária para enfrentar o tumulto do dia a dia.


Essas práticas variam desde a meditação até o Yoga e técnicas de respiração, cada uma oferecendo algo único. Entre elas, destaco a abordagem ritualística dos cinco sentidos ou a técnica "54321". Até mesmo deitar-se no chão pode ser uma opção reconfortante. O segredo, como aprendi, está em descobrir quais dessas práticas ressoam mais comigo.


Aqui estão as 8 técnicas de aterramento que se tornaram pilares na minha rotina diária:

  1. Meditação Védica Diária: No centro da minha jornada está a meditação védica, uma prática guiada por mantras baseada nos textos ancestrais dos Vedas. Meditar duas vezes ao dia, de manhã e à noite, proporciona uma profunda tranquilidade que permeia todas as horas do meu dia, concedendo-me uma reserva vital de calma e renovação para enfrentar o estresse cotidiano.

  2. Manter uma Rotina Diária: Estabelecer uma rotina consistente se tornou um pilar crucial em minha busca. Essa abordagem, apoiada pelos princípios do Ayurveda, não apenas me prepara para o sucesso, mas também oferece previsibilidade, estrutura e reduz a necessidade de tomar muitas decisões, aliviando a ansiedade e a sobrecarga mental. Além disso, a repetição de ações cria hábitos automáticos, liberando espaço mental para pensamentos tranquilos, relaxamento e criatividade.

  3. Consumir Líquidos Quentes: Bebidas quentes, como chás e água, agora fazem parte integrante do meu dia. Essa prática, profundamente enraizada no Ayurveda, oferece um efeito calmante que acalma tanto a mente quanto o corpo. O calor físico das bebidas quentes pode ter um efeito calmante no sistema nervoso, proporcionando uma sensação de conforto e relaxamento. Além disso, muitos chás contêm compostos naturais, como L-teanina e flavonoides, que têm propriedades relaxantes e podem ajudar a reduzir a ansiedade.

  4. Auto-Massagem com Óleo Quente: Minhas manhãs começam com Abhyangha, uma massagem com óleo quente. Essa prática ayurvédica, que envolve cobrir o corpo com óleo e massageá-lo, reduz o estresse e promove a calma, fortalecendo meu corpo para enfrentar o dia. O calor do óleo e os movimentos suaves da massagem ajudam a relaxar os músculos, aliviando a tensão física acumulada. Esse relaxamento muscular pode enviar sinais de calma ao sistema nervoso, reduzindo a sensação de estresse.

  5. Saudação ao Sol: A saudação ao sol, conhecida como surya namaskar, é uma peça-chave no meu kit de ferramentas de aterramento. Combinando movimentos suaves e efeitos calmantes, essa sequência de posturas de Yoga se tornou uma maneira eficaz de conectar minha mente e meu corpo.

  6. Conexão com a Terra: O aterramento, uma técnica que envolve fisicamente tocar o solo, é uma das minhas práticas favoritas. Essa abordagem, associada à redução do estresse e à promoção da calma, me permite uma conexão profunda com a natureza e o momento presente.

  7. Ritual dos 5 sentidos: use seus cinco sentidos para descrever seu ambiente, passando água fria ou morna em sua mão ou até mesmo escolhendo algo como seu objeto de aterramento para que, quando você se apegar a esse objeto, ele o lembre de permanecer conectado ao momento presente. Você também pode olhar ao redor da sala e rotular o que vê, ouve ou cheira, porque quando você faz isso, meio que diz: 'Nesse momento, estou olhando/ouvindo/cheirando isso, e estou OK'.

  8. Técnica 5-4-3-2-1: Parecida com a técnica acima, exige que você pense um pouco mais. Para cada etapa, escreva, pense ou diga em voz alta as sensações que está observando: Liste 5 coisas que você pode ver agora; Liste 4 coisas que você pode ouvir; Liste 3 coisas que você pode sentir; Liste 2 coisas que você pode sentir o cheiro; Liste 1 coisa pela qual você é grato ou uma coisa que você pode provar.


Exercícios de aterramento trazem você de volta ao presente e o enraíza ou o aterra no 'agora' e longe do estresse de alertas de notícias, e-mails de seu chefe, pensamentos ansiosos sobre o futuro ou sentimentos de depressão pensando no passado.


Ao incorporar essas técnicas de aterramento em minha rotina diária, descobri uma sensação duradoura de tranquilidade e equilíbrio. Essas práticas me capacitaram para enfrentar os desafios da vida com uma perspectiva renovada e serenidade interior. O segredo reside em descobrir as práticas que melhor ressoam com você, construindo assim um caminho para a paz interior.

57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page