top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Dicas para professores de Yoga

Se tornar um professor de yoga é uma jornada de aprendizado contínuo e que leva tempo e dedicação para se desenvolver como profissional. Porém, se você estiver comprometido com a sua prática e em ajudar outros a se beneficiarem através do yoga, pode ser uma carreira muito gratificante.

Aqui está o que aprendi ao longo de minha jornada e espero que te encoraje na sua.


1- Comece a dar aula

Me senti muito insegura quando terminei meu curso de formação em Yoga. Mas entendi que dar aula é a melhor forma de aprender. Nunca podemos parar de estudar e aprender, mas seus alunos não vão perguntar de sua experiência, seus certificados ou diplomas. Eles querem saber o que você tem para ensinar.


2- Seja sempre aluno, pratique com outros professores

Antes de me entregar definitivamente para a carreira de professora de Yoga, eu frequentei muitos estúdios, pratiquei com professores diferentes e diferentes estilos. Eu observava e anotava tudo que me atraia em determinada aula ou em determinado professor. Mesmo quando comecei a dar aulas, continuei e continuo frequentando aulas de outros professores afinal, sempre tem algo que podemos aprender.


3- Alunos são clientes

Se você sobrevive através do seu trabalho como professora de Yoga, saiba que seus alunos são seus clientes. Você precisa vender sua aula. Você precisa entender a necessidade e objetivo de cada aluno/cliente para que suas aulas se adaptem melhor a eles.


4- Crie limites

Muitos alunos chegam para nossas aulas fragilizados e vulneráveis. Eventualmente, alguns alunos podem confundi a atenção e acolhimento com segundas intenções. Por isso é importante definir limites na relação professor-aluno. Outras vezes acontecem dos alunos pensarem que você está sempre disponível. Por isso, deixe claro seus horários de atendimento e quando você estará disponível para responder as mensagens. No meu caso, achei interessante ter um novo número de celular para compartilhar com os alunos e outro número para amigos e família.


5- Saiba seu valor

Dar aulas a um preço baixo e aceitar todos os convites não é sustentável a longo prazo. Você precisa pagar suas contas com o valor de suas aulas. Muitas vezes é difícil definir um valor para suas aulas e isso está intimamente relacionado à sua autoestima. Uma forma definir seu valor é fazer uma pesquisa de mercado ligando nas academias e estúdios próximo da sua localização para descobrir a média de valor das mensalidades.


6- Faça parcerias e uma crie uma rede de apoios

Lembro de uma vez que tive que fazer uma cirurgia de emergência e pude contar com uma colega para me substituir no período da minha recuperação. Você vai precisar de alguém para te substituir não só nas licenças e doenças, mas também nas férias, etc. Então crie uma rede de apoios com outros professores de Yoga que moram perto de você. Vocês podem trocar serviços e favores. Negocie um valor justo para pagar a hora/aula do seu professor substituto.


63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page