top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Dicas para viver o momento presente

Infelizmente, poucas pessoas tentam viver o momento presente. A maioria vive no passado, cheia de nostalgia ou arrependimento, ou no futuro, cheia de esperanças ou medos nascidos do desejo. Mais do que qualquer outro fator, os desejos e apegos, ao manter as pessoas focadas no passado ou no futuro, as impedem de viver plenamente no presente.


Abaixo algumas dicas para se manter no momento presente:



1. Medite regularmente: a alma está ligada ao corpo por desejos, tentações e preocupações, e você está tentando romper essas correntes. A meditação permite que você acalme as ondas de desejos no lago de sua mente e experimente a alegria que está escondida dentro de você. Meditando e se concentrando internamente, você se tornará mais consciente de sua alma e menos identificado com sua forma física. Por fim, você chegará a um ponto em que não será mais perturbado pelos altos e baixos da vida e começará a perceber a verdade sobre a natureza de sua alma: que você não está limitado pelo tempo e pelo espaço. Você começará a perceber que é um com o Todo.


2. Mostre apreciação: sempre tenha em mente que este universo tem uma origem divina. Seria um erro negar este mundo com a justificativa de que você ama apenas a Deus. A renúncia é essencial no caminho espiritual. Seu propósito, entretanto, é ajudá-lo a superar o apego aos desejos e tentações, não para provar seu amor pelo Criador abominando Sua obra. Você deve apreciar o mundo como criação de Deus, mas então lembre-se de que muito mais digno de apreciação é o Criador, que trouxe todas essas maravilhas materiais à manifestação.


3. Cumpra seus deveres: Sempre, seja o que for que você esteja fazendo, pense que está fazendo a obra de Deus. Cada dia diga: "O que posso fazer por Deus hoje?" Cumprir seus deveres na vida pode não ser fácil ou imediatamente agradável. Alcançar a alegria divina é uma proposta de longo prazo, mas se você deseja alcançar a liberdade na eternidade, deve cumprir seus deveres na vida, e não evitá-los. Faça o seu melhor hoje e esqueça o amanhã. Não perturbe sua alma com preocupações mesquinhas.


4. Rejeite as coisas de seu coração: nada pertence a você e tudo pertence a você, mas quando você diz: “Isto é meu”, você se limita. Nunca se aflija por nada que seja levado. Talvez nesta vida você perca todas as coisas e ainda, quando você tem Deus, você tem tudo. Não há limitação para o que você pode obter. Aproveite as coisas que você tem, cuide delas, mas sempre tente, no seu coração, renegá-las. É muito libertador ser capaz de negar todas as coisas em seu coração.


5. Transcenda a consciência da idade: Nunca pense que está envelhecendo. Na consciência divina, não há nada chamado “velho” e nada chamado “jovem”, apenas o eterno presente. O Yogi auto-realizado observa sua infância, juventude e velhice como se fossem filmes. Ele é capaz de ver todos os que deixaram esta terra, parentes e amigos, onde quer que estejam, porque estão sempre presentes em Deus. Essas imagens aparecem diante de seu olhar interior porque passado, presente e futuro nada mais são do que imagens no espaço. À medida que ele se torna indiferente à consciência ilusória do passado e do futuro, ele desenvolve uma juventude mental eterna.


6. Seja equilibrado em todos os momentos: tente sempre manter a mente calma. Um indivíduo equilibrado é como um espelho de discrição que reflete a verdadeira natureza de eventos aparentemente favoráveis ​​ou desfavoráveis. Essa pessoa não se deixa enganar por distúrbios emocionais e está sempre preparada para agir com sabedoria. Você obterá essa calma inabalável por meio de uma meditação cada vez mais profunda.


*Texto de livros, lições e artigos de Yogananda
62 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page