top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Estimular o nervo vago

Atualizado: 4 de fev. de 2023

A ativação do nervo vago mantém o sistema imunológico sob controle e libera uma variedade de hormônios e neurotransmissores como a acetilcolina e a oxitocina. Isso resulta em redução da inflamação, redução das alergias, alívio das dores de cabeça tensionais, melhora da memória e sensações de relaxamento.


O tratamento tradicional de estimulação do nervo vago (VNS), também conhecido como neuromodulação, envolve a implantação cirúrgica de um dispositivo bioeletrônico que fornece estimulação para o nervo vago. No entanto, também é possível estimular indiretamente o nervo vago naturalmente.


O que é o Nervo Vago?

O nervo vago passa pela barriga, diafragma, pulmões, garganta, ouvido e músculos faciais. É importante ressaltar que 80% das fibras do nervo vago são nervos aferentes ou sensoriais, o que significa que eles comunicam mensagens de seu corpo de volta ao sistema nervoso central. Isso significa que, quando você se movimenta e respira nessas áreas do corpo, pode influenciar o funcionamento do nervo vago.


Neste post, compartilho com vocês práticas adicionais de Yoga que ajudam a estimular e equilibrar o nervo vago.


Irregularidades no nervo vago podem causar grande sofrimento na saúde física e emocional. As consequências físicas podem incluir refluxo gastroesofágico, síndrome do intestino irritável, náuseas ou vômitos, desmaios, enxaquecas, zumbido, distúrbios autoimunes e convulsões. As consequências para a saúde mental incluem fadiga, depressão, ataques de pânico ou uma alternância clássica entre sentir-se oprimido e paralisado.


Benefícios da estimulação do nervo vago

A estimulação do nervo vago ajuda a regular tanto a hiperexcitação simpática quanto a parassimpática. Uma vez que toda estimulação do nervo vago inicia uma resposta de relaxamento, é importante desenvolver uma tolerância para o estado parassimpático sem entrar em hipoexcitação disfuncional, no qual você pode se sentir sonolento ou paralisado.

Inicialmente, você pode sentir sono ao explorar o relaxamento. Por exemplo, as práticas de meditação e Yoga Nidra podem ser profundamente relaxantes; no entanto, algumas pessoas adormecem durante a prática. Em última análise, o objetivo é descobrir um estado relaxado, mas desperto. No entanto, você pode experimentar dormir, o que pode ser medicinal para seu sistema nervoso. Em contraste, se você começar a notar que sente tonturas ou náuseas ao praticar qualquer intervenção no nervo vago, então recue e prossiga lenta e suavemente com apenas alguns minutos por dia.


Como estimular o nervo vago por meio do Yoga

A estimulação natural do nervo vago explora intervenções suaves de respiração e movimento de Yoga que visam estimular e equilibrar o nervo vago. Retardar a expiração é considerado a maneira mais direta de equilibrar o nervo vago. Isso é especialmente eficaz quando há ênfase no esvaziamento dos pulmões através do envolvimento do diafragma e dos músculos abdominais. Isso também fornece uma massagem suave para os órgãos digestivos. Enfatizar uma expiração lenta e prolongada estimula as fibras nervosas nos pulmões para iniciar uma resposta de relaxamento.


1- Respiração

Situações estressantes e traumáticas podem causar respiração superficial, aperto no peito ou até apneia. Cada inspiração envolve o sistema nervoso simpático (SNS), e sua expiração estimula o sistema nervoso parassimpático (SNP). Diminuir a velocidade e dar resistência à expiração treina seu corpo para usar o diafragma, o que pode te ajudar a se sentir mais calmo e relaxado. Esta próxima exploração da respiração envolve imaginar um canudo entre os lábios. (Você também pode praticar essa respiração com um canudo físico.)

  • Para começar, faça uma inspiração suave.

  • Agora, aperte os lábios e expire muito lentamente pelo canudo imaginado até que seus pulmões estejam 80% vazios.

  • Em seguida, feche a boca e expire lentamente os últimos 20% pelo nariz enquanto envolve os músculos do abdômen e do diafragma para expelir todo o ar.

  • Permita que sua próxima inspiração seja natural e faça 3 respirações naturais.

  • Se desejar, repita este exercício mais 2 ou 3 vezes. Quando estiver completo, observe quaisquer mudanças em como você se sente fisicamente, mentalmente e emocional.


2- Libere a tensão nos olhos

Uma ótima maneira de estimular o nervo vago é relaxando os olhos e liberando os músculos do pescoço. Os olhos são regulados por 12 músculos extraoculares que se estendem até os músculos suboccipitais que circundam as vértebras cervicais superiores. Muitas vezes podemos ver nos olhos um do outro se nos sentimos estressados ​​ou relaxados. Isso ocorre porque as terminações nervosas extraoculares têm uma conexão direta com o nervo vago.


Os movimentos oculares podem aumentar o fluxo sanguíneo para a artéria vertebral e estimular o nervo vago à medida que passa pela parte superior do pescoço. Relaxar os músculos dos olhos ativa um reflexo inato chamado reflexo oculocardíaco (OCR), que inicia uma resposta parassimpática para diminuir a frequência cardíaca e a pressão arterial. Um indivíduo pode desmaiar se essa resposta acontecer muito rapidamente. No entanto, também podemos estimular o (OCR) com uma leve pressão nos olhos, o que pode ter um efeito calmante no sistema nervoso. Você pode relaxar os olhos usando uma almofada de olhos colocada sobre os olhos durante o relaxamento ou colocando as palmas das mãos sobre os olhos e aplicando uma pressão muito leve.


3- Convergência Oculocardíaca

Você também pode estimular o nervo vago através de movimentos dos olhos. Por exemplo, a convergência oculocardíaca tem sido usada para reduzir a ansiedade e o pânico, convergindo repetidamente os olhos em um ponto focal próximo e depois mudando para um ponto focal distante.

  • Segure um lápis ou objeto pequeno cerca de 30 cm na frente de seu rosto. Permita que seus olhos se concentrem nesse objeto por cerca de 20 a 30 segundos.

  • Mude o foco para olhar ao longe por cerca de 20 a 30 segundos. Continue para frente e para trás por cerca de 4 ciclos e depois relaxe suavemente os olhos.

4- Solte o pescoço

O nervo vago passa logo atrás dos músculos esternocleidomastóideos (SCM) e na frente dos escalenos, que tendem a ser os músculos mais tensos do pescoço. O alongamento suave do SCM e dos escalenos no pescoço também tende a produzir uma resposta de relaxamento por meio do envolvimento do nervo vago.

  • Solte o pescoço

  • Explore a sensação de aproximar a orelha direita do ombro direito sem virar a cabeça. Em seguida, traga seus olhos para a direita.

  • Faça 4 ou 5 respirações no lado esquerdo do pescoço e traga a cabeça de volta para o centro enquanto os olhos voltam para a frente.

  • Repita isso no lado esquerdo e observe como você se sente.

  • Você também pode explorar a sensação de trazer sua orelha direita para o ombro direito enquanto dirige seus olhos e olha para a esquerda. Mais uma vez, mantenha essa forma por cerca de 4 ou 5 respirações e depois mude de lado.

5- Postura simples de yoga para acalmar o sistema nervoso

Alongamentos simples de Yoga na posição sentada podem ajudar a equilibrar o nervo vago enquanto você movimenta a coluna, a barriga, o peito e a garganta. A próxima prática pode ser feita no chão ou sentado na frente de uma cadeira.

  • Torção Sentada Fácil (Parvrtta Sukhasana). Você pode praticar essa torção no chão em Sukhasana ou sentado em uma cadeira.

  • Faça uma torção colocando a mão esquerda na parte externa da perna direita enquanto coloca a mão direita atrás de você ou no centro da cadeira.

  • Ao inspirar, alongue a coluna e, ao expirar, aprofunde a torção da coluna para a direita.

  • Você também pode trazer o queixo para a direita e olhar por cima do ombro.

  • Respire várias vezes aqui para massagear seus órgãos digestivos e depois volte ao centro.

  • Quando estiver pronto, mude de lado e repita para a esquerda.

  • Quando estiver completo, volte ao centro e observe como você se sente mentalmente, fisicamente e emocionalmente.

2.257 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page