top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

O músculo da alma

Sempre falo com meus alunos que o Yoga trabalha no nível físico e mental, mas para exemplificar vou falar sobre o músculo da alma, que é o PSOAS. Esse músculo é um dos mais profundos de nosso corpo, fazendo parte da linha profunda anterior e está intimamente ligado com nosso emocional. Isso porque quando estamos tensos, ansiosos ou estressado, liberamos hormônios como cortisol, adrenalina e noradrenalina e a informação que o cérebro envia ao nosso corpo é de que algo vai acontecer. O cérebro por sua vez prepara o corpo para a ação (luta ou fuga) ativando nosso sistema nervoso simpático. Um dos primeiros músculos a se contrair e tensionar são os flexores de pelve que engloba os glúteos, psoas e piriforme pois são os músculos acionados para andar, correr ou fugir.


Daí a importância de trabalhar o alongamento e relaxamento desse músculo afim de liberar tensões, de canalizar o estresse e semelhantemente, a ansiedade. Isso porque quando estamos tensos, o psoas maior dispara e entramos no padrão flexor de pelve anda mais como instintivo protecional.


Confira abaixo 4 posturas para relaxar e alongar o seu músculo da alma.


Natarajasana

A postura do Dançarino é desafiadora e considerada de nível avançado, ajuda a aumentar a energia do corpo, alonga os isquiotibiais, quadríceps e psoas. Outro benefício importante que se obtém com essa postura é o equilíbrio do corpo, dando espaço para mais foco mental, corporal e equilíbrio emocional. Isso melhora ainda mais a concentração e a memória.


Para executar Natarajasana: leve a perna direita para trás, segure o peito do pé com a mãos direita. o braço esquerdo se estende para a frente para manter o equilíbrio. Empurre o pé para trás elevando a coxa direita o máximo que puder. Se você cair da postura, respire fundo e tente novamente.


Danurasana

A postura do Arco recebe esse nome pela forma que o corpo assume na postura - a de um, arco. A maioria das flexões para trás atua diretamente no abdômen e nas costas, mas também beneficia todo o corpo, bem como o alongamento do Psoas.


Para executar Dhanurasana: deitado de barriga para baixo, flexione os dois joelhos e pegue nos peitos dos pés com as respectivas mãos. Levante as coxas e o peito do chão e agora sinta o fortalecimento desta postura. A energia, a força!


Supta Virasana

Esta postura é tradicional do Hatha Yoga, traduzida como postura do herói. Enquanto a mesma postura no yoga moderno como Ashtanga Yoga é chamada de Paryanksana, postura do Sofá. A prática desta postura, que é categorizada no nível intermediário, requer uma parte inferior das costas forte e flexível. Alonga bastante os quadríceps e o Psoas.


Para executar Supta Virasana: Ajoelhe-se, separe os pés, sente com os glúteos no chão entre os pés, coloque um bloco ou cobertor embaixo do bumbum sob os glúteos para aliviar a pressão sobre os joelhos; com a ajuda dos antebraços, vá deitando com as costas no chão até se sentir confortável, relaxe todo o corpo para trás e entrelace os braços acima da

cabeça.


Ustrasana

Na postura do camelo, a ênfase é nas coxas (quadríceps e psoas) e em todas as costas, que estão inclinadas para trás A postura do camelo é considerada uma postura de nível intermediário e o alinhamento perfeito é essencial. Por isso é importante ter a orientação de um professor experiente para executar e aprender essa postura pela primeira vez.


Para executar Ustrasana: Incline o tronco para trás, segure os calcanhares com as respectivas mãos, você pode levar uma mãos de cada vez. Com as mãos nos calcanhares, inspire e projete o peito para cima e ligeiramente para trás, enquanto inclina as costas para trás.


É normal chorar após uma aula de alongamento de Psoas:

Quando você coloca seu corpo em movimento em uma aula de Yoga, alongando, puxando, torcendo e contraindo, você está dizendo ao corpo corpo que, sim, você está finalmente deixando todas as besteiras do dia de lado. Você está dizendo a si mesmo que, na verdade, não há problema em descansar e desfrutar da respiração consciente, o que estimula o relaxamento do sistema nervoso. Você está dizendo a si mesmo que sim, você pode parar o fluxo interminável de pensamentos inúteis. Você está dizendo a si mesmo que sim, você é importante o suficiente para merecer toda a sua própria atenção. E esses músculos que estão sendo trabalhados e relaxados estão ajudando o corpo a liberar toxinas e resíduos através de seu sistema de drenagem linfática e ajudando a mente a liberar emoções e sentimentos estagnados. Por isso, não se preocupe se após uma aula de Yoga você cair no choro. É completamente normal.




182 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Hot Yoga

bottom of page