top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Tipos de Meditação

No mundo contemporâneo, a saúde mental é uma questão cada vez mais importante. Muitas pessoas tem enfrentado intensa ansiedade e desafios ligados à saúde mental. A meditação emerge como uma solução para diversos tipos de transtornos de ansiedade.


Grupo de pessoas meditando
Grupo de pessoas meditando

A meditação é o ato de direcionar a mente por um período determinado, observando, sem se envolver com os pensamentos que surgem. Essa prática pode ocorrer em silêncio ou com o auxílio de cantos suaves, como os mantras. A meditação é adotada por variados motivos, desde objetivos religiosos ou espirituais até servir como meio de alcançar serenidade.


É notável que a meditação não apenas contribui para o bem-estar mental, mas também se revela essencialmente uma prática espiritual. Estar em meditação é estar em sintonia com o eu espiritual maior. Portanto, é melhor abordar a meditação de uma forma positiva e espiritual.


As raízes da meditação

As raízes da meditação podem ser rastreadas até as antigas tradições orientais. De acordo com registros históricos iniciais, sua origem está nas práticas hindus do vedantismo, na Índia, por volta de 1500 a.C.


Os diferentes tipos de meditação

Existem muitos tipos diferentes de meditação, cada um com seus próprios benefícios específicos. Alguns dos tipos mais comuns incluem:

  • Meditação da atenção plena (mindfulness): esse tipo de meditação envolve prestar atenção ao momento presente, sem julgamento. Implica no processo psicológico de direcionar a consciência para as experiências presentes por meio da meditação. O termo "atenção plena" é uma tradução do termo páli "sati", que possui relevância nas tradições budistas.

  • Meditação em movimento: esse tipo de meditação envolve realizar movimentos físicos suaves, como caminhada ou dança, enquanto se mantém a atenção no momento presente. A meditação em movimento pode ser uma excelente maneira de aliviar a ansiedade. Focar toda a atenção nos passos enquanto se caminha pode se tornar altamente meditativo. A grande vantagem é que essa prática pode ser adotada em qualquer lugar e a qualquer momento.

  • Yoga: O Yoga é uma forma de meditação na qual diversas posturas físicas são utilizadas para estabelecer uma conexão espiritual com o universo. Originária da antiga Índia, o Yoga emprega controle da respiração, sendo também um meio comum de acalmar a mente e experimentar momentos de serenidade.

  • Chakras: Os chakras são pontos focais utilizados em várias práticas antigas de meditação, conhecidas coletivamente como Tantra, nas tradições esotéricas do hinduísmo e budismo. Acredita-se que os chakras influenciam a maneira como nos conectamos com o mundo e controlamos nossas emoções.

  • Tai Chi: O Tai Chi é uma forma de meditação que consiste em uma série de movimentos físicos suaves. Muitas vezes denominado como meditação em movimento, o Tai Chi promove a serenidade por meio de movimentos delicados que conectam mente e corpo.

  • Meditação com velas (trataka): também chamada de trataka ou olhar Yogue, envolve concentrar-se em uma chama de vela ou uma imagem. Isso traz benefícios como aumento da cognição, melhora da memória e da saúde mental, qualidade do sono aprimorada e saúde ocular fortalecida.

  • Meditação do fluxo (flow): esse tipo de meditação envolve realizar uma atividade que seja desafiadora, mas não muito difícil. A meditação do fluxo combina técnicas de meditação, respiração e atenção plena para reduzir os níveis de estresse. Como resultado, a qualidade do sono melhora e a produtividade aumenta.

  • Visualização (visualização): esse tipo de meditação envolve criar imagens mentais para direcionar e centralizar a mente e o corpo e pensar em coisas que você deseja alcançar. Embora possa parecer desafiador para muitos, é uma abordagem eficaz no tratamento dos sintomas de depressão.

  • Banho sonoro (Sound Healing): esse tipo de meditação envolve ouvir sons relaxantes, como o som de tigelas, gongos ou outros instrumentos que produzem sons relaxantes. Estudos indicam que os banhos sonoros têm impactos positivos na saúde mental e física.

  • Meditação transcendental: A meditação transcendental envolve sentar-se com os olhos fechados por 20 minutos, duas vezes por dia, praticando sem esforço de acordo com as instruções. Pode envolver repetir um mantra silenciosamente para acalmar a mente.

Os benefícios da meditação

A meditação tem sido associada a uma série de benefícios para a saúde mental e o bem-estar, incluindo:

  • Redução do estresse

  • Redução da ansiedade

  • Melhora do foco e da concentração

  • Aumento da criatividade

  • Melhora do sono

  • Aumento da autoconsciência

  • Melhora da autocompaixão

  • Aumento da felicidade

Como começar a meditar

Se você está interessado em começar a meditar, há muitas maneiras de fazer isso. Existem muitos recursos disponíveis online e você também pode encontrar meditações no meu canal no Youtube e Spotify .


Aqui estão algumas dicas para começar a meditar:

  • Escolha um lugar tranquilo onde você não será interrompido.

  • Sente-se confortavelmente com as costas eretas.

  • Feche os olhos e respire fundo.

  • Concentre sua atenção na sua respiração.

  • Observe seus pensamentos e emoções sem julgamento.

  • Se sua mente divagar, não se preocupe. Apenas gentilmente traga sua atenção de volta para a sua respiração.

  • Medite por 5 a 10 minutos, ou pelo tempo que for confortável para você.

  • Ao terminar de meditar, abra os olhos e estique-se.

A meditação é uma prática que pode ser realizada por qualquer pessoa, independentemente de sua idade, sexo ou condição física. Com a prática regular, a meditação pode ajudar a melhorar sua saúde mental e o bem-estar geral.

73 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Hot Yoga

bottom of page