top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Yama: Satya - o princípio da Verdade

Atualizado: 15 de fev. de 2021

O 2° dos 5 yamas de Patanjali é traduzido para o português como verdade.


Como todos os conceitos relacionados ao Yoga, o entendimento do que é a verdade é alcançado em etapas, em camadas cada vez mais profundas de nós mesmos.

A princípio, o conceito da verdade parece óbvio: basta agir, pensar e falar de forma verdadeira. Neste caso, verdade significa simplesmente “não mentir”.

Usando um recurso da linguagem escrita e colocando a palavra com letra maiúscula, já temos uma percepção diferente de seu significado: Verdade. O que é a Verdade? Verdade é tudo aquilo que é real? Mas então, o que é Real?

Gosto muito da abordagem que trata os conceitos não como substantivos, mas como verbos. Verbos transitivos. A Verdade, a partir desta perspectiva, não é algo estanque, é um caminho, um percurso. O que para nós parece verdade absoluta em dado momento, alguns momentos depois já deixa de ser. Por exemplo, imagine uma chama de uma vela acesa. Você aproxima sua mão e sente seu calor. Neste momento, a chama parece verdadeira, parece real. Todavia, basta um rápido assopro para que aquela verdade se modifique. O que era chama, agora é fumaça. A fumaça se dissipa. E tudo aquilo que parecia real, tão real a ponto de queimar, já não parece tão real agora.


Este jogo de ilusão tem um nome na cultura hindu: Maya. Maya é a ilusão. É o jogo de sombras do mundo material, um véu que cobre nosso rosto e nos impede de ver a Verdade. No total, são 7 véus que se sobrepõem. Entender o que é a Verdade passa pelo processo, pelo caminho de retirarmos os véus que cobrem nossos olhos.

Através da prática de Yoga, podemos nos dedicar a entender e viver os yamas e a retirar os véus de Maya que cobrem nossa visão. E como eu disse, isto é um caminho, um processo. Não existe o mais verdadeiro, o menos verdadeiro, existe o momento nesta jornada em que cada um de nós se encontra. Lembre-se, os yamas estão conectados. A Verdade está conectada com a Não-Violência. Respeite o momento de cada um e respeite o seu momento.

Sobre o Autor:

Ian Fraga Muntoreanu

Artista e discente na Escola Humaniversidade no curso de Formação em Yoga com o professor Gerson D’Addio da Silva. Para conhecer mais do trabalho, visite: https://www.facebook.com/gvoavoa/ https://www.instagram.com/gaivotavoavoa/

394 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

댓글


bottom of page