top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Yoga ao ar livre

Um recente estudo sueco descobriu que observar a natureza, especialmente fractais (como por exemplos os padrões que ocorrem organicamente em galhos de árvores), aumenta o relaxamento e o foco interno – dois componentes muito importantes de uma prática de Yoga.



Pratique Yoga no Parque Ibirapuera comigo! Clique Aqui.


4 benefícios de praticar Yoga ao ar livre:

A natureza nos conecta às nossas raízes. A grama, o oceano, as árvores fazem parte do nosso mundo primitivo. É onde nos sentimos mais em casa. Embora uma caminhada tenha seus próprios benefícios, praticar Yoga ao ar livre é uma experiência incrível. Aqui, quatro benefícios de praticar Yoga ao ar livre:


1. Passar tempo na natureza revigora e energiza corpo e mente.

Nosso sistema nervoso evoluiu de uma forma que varia de momentos de estresse com explosões de energia – uma tática de sobrevivência usada quando fazíamos parte da comunidade de caçadores-coletores. Passar um tempo na natureza envia sinais ao cérebro de que o corpo está de volta ao seu ambiente nativo e se calibra para ficar alerta. Não surpreendentemente, quando as pessoas passam o tempo em um ambiente natural, os sentimentos de vigor e vitalidade aumentam.


2. Cenários naturais podem aumentar a conscientização.

Quando você sai das quatro paredes de um estúdio, todos os seus sentidos despertam – olfato, audição, visão e tato, em particular, ativam partes do cérebro que te tornam mais presente. O ar fresco aumenta a consciência da respiração. Em sua próxima prática ao ar livre se permita sentir a respiração fluindo através de você, limpando sua mente e fortalecendo sua prática. Pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia descobriram que observar belas paisagens libera endorfinas, as substâncias químicas do bem-estar que nos trazem prazer. Talvez a cor verde seja o modo padrão para nossos cérebros. Tocar na grama ou em uma praia de areia estimula ainda mais.


Bônus: uma superfície ligeiramente irregular envolve e fortalece seu núcleo.


3. Praticar Yoga em um novo ambiente pode aumentar a confiança.

Encontre o seu limite – não, não queremos nos equilibrar na beira de um penhasco. Praticar ao ar livre pela primeira vez pode parecer estranho. É fácil se sentir autoconsciente quando você está acostumado a praticar em um ambiente fechado. Enquanto a familiaridade traz segurança, sair da sua zona de conforto abre uma porta para uma interpretação totalmente nova de sua prática de Yoga. Imagine o poder das saudações ao sol sob raios solares reais ou a vivacidade de uma postura da árvore enquanto se concentra em uma árvore real em vez de um ponto na parede. Seu corpo é um instrumento de pesquisa. Aprenda como usá-lo.


4. O ar livre pode aumentar ainda mais os benefícios da meditação.

Os cientistas já mostraram que quem medita regularmente tem uma amígdala menor, a parte do cérebro responsável por gerenciar a resposta de luta ou fuga. Coincidentemente, estudos de campo, publicados na Environmental Health and Preventative Medicine, mostram que as pessoas que foram expostas a um ambiente natural apresentaram menor concentração do hormônio do estresse, cortisol. Buda não estava em uma sala de meditação quando se iluminou, Ele estava na floresta.

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page