top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Os 6 melhores mantras para o dia a dia

Atualizado: 16 de fev. de 2021



O mantra Yoga usa repetição e canto de mantras para incentivar a mente a entrar em um estado meditativo, para que o praticante possa começar a se conectar com o Divino dentro de si. Dizem que, ao escolher cantar mantras, você está mudando sua vibração e evocando um nível mais alto de consciência.


Para saber a origem da palavra mantra e seus benefícios, clique aqui.


Um mantra é usado em muitas religiões e escolas de pensamento, incluindo hinduísmo, jainismo, budismo, sikhismo e na meditação transcendental. Estudos apontam que o uso de mantras é anterior a 1000 a.C. Há até uma sugestão de que eles podem ser mais antigos que o idioma.


O uso mais comum de um mantra é acalmar a mente para meditação e alguns praticantes acham isso mais útil do que simplesmente focar na respiração. O mantra pode ser cantado quantas vezes o aluno desejar. Alguns praticantes usam contas de mala para ajudá-los a contar e cantar seu mantra 108 vezes. Essa prática é conhecida como japa ou mantra japa.


Para saber o que é e como usar um Japamala, clique aqui.


Pode ser realizada em oração pessoal, meditação ou sessões de oração em grupo.

Acredita-se que existem cerca de 70 milhões de mantras. Cada mantra tem seu próprio som e vibração; portanto, quando você o canta, começa a vibrar dentro da frequência desse mantra. Alguns dizem que o poder vibracional de cada mantra específico é o poder da divindade que o preside. Diz-se também que as vibrações do mantra podem ter efeitos curativos, penetrando nas células do corpo e enchendo-as de energia e força divinas.


Abaixo, selecionei os meus mantras preferidos usados nas aulas de Yoga bem como sua tradução. Devido aos muitos níveis de significado que as palavras sânscritas têm, nenhuma tradução captura todas as nuances, nem existe uma única tradução acordada. Tentei encontrar a tradução que mais faz sentido pra mim.


1 - Mantra OM

Dentre todos os mantras, o mais importante e mais conhecido é o mantra Om. Om é o som do infinito e a semente que do qual surgem todos os outros mantras.

OM é uma antiga letra sânscrito e símbolo espiritual mencionado pela primeira vez nos Vedas (antigas escrituras hindus) originárias entre 1800-1000 a.C. Definir seu significado exato é desafiador, porque OM representa totalidade. Yogis se referem a OM como o som semente de toda a criação.

Esta palavra aparentemente pequena refere-se ao poder cíclico do Universo: começo, meio e o fim. O passado, presente e futuro. Os estados de acordar, sonhar, dormir, e o que é "além".


Os significados mais profundos e nuances deste som sagrado:

O som "Ahhh" com o que o OM (AUM) começa na parte de trás da garganta e diz respeito à criação, novos começos - oportunidades, relacionamentos, novos começos.

O som "Oooh" (no topo da boca) refere-se a desenhar nosso foco para dentro, Pratyahara (retirada dos sentidos), o quinto Membro do caminho de 8 membros.

O som "Mmm" que fecha o mantra (usando os lábios) se relaciona com um final, um destino final - o fim de um relacionamento, conclusão, sono, um profundo estado meditativo.


O silêncio "Anagata" - Esta fase significativa do OM convida os praticantes de yoga a experimentar plenamente o estado de êxtase do silêncio e o senso de unidade que ele transmite. Os alunos muitas vezes esquecem que o silêncio que vem depois do OM é uma parte igualmente importante do mantra.

Quando cantamos OM reconhecemos que somos parte de um ciclo maior - a criação, preservação e destruição de todas as coisas.

2- Maha Mrityunjaya Mantra

Cantar esse mantra cria vibrações de cura divina, promovendo a saúde física, mental e emocional. É também chamado de mantra moksha, porque acredita-se que acenda o Divino dentro do Yogi e remova o medo da morte. Em essência, funciona criando a libertação do renascimento cíclico.

O texto em sânscrito do mantra tem a seguinte transliteração: OM. Tryambakam yajamahe Sugandhim pushti-vardhanam. Urvarukamiva bandhanan, Mrityor mukshiya mamritat.

Tradução:

Saudações ao Senhor Shiva, aquele que possui três olhos,

que, como uma fragrância, permeia, sustém e nutre a todos.

Que todos nós possamos estar livres das doenças, do envelhecimento e da morte,

e receber o néctar (amritam) que remove a ignorância, nos traz a libertação e a vida eterna.


3- Lokah samastah sukhino bhavantu

Pode ser cantado, cantado ou meditado para oferecer como oração para o mundo inteiro. Dizem que esse mantra tem milhares de anos, mas diferente de outros mantras populares, não é encontrado especificamente nos Vedas, Pensa-se que lokah samastah sukhino bhavantu faz parte de um mantra Shanti, um mantra da paz.

Às vezes, esse mantra pode ser ouvido no final de um puja (uma cerimônia de ação de graças), como parte da participação e oferta do grupo. Na sociedade moderna, esse mantra aparece principalmente durante kirtan ou canto de grupo. Muitas vezes, esse mantra atua como uma oferta de felicidade em grupo para o mundo inteiro.


Lokah samastah sukhino bhavantu


Duas das traduções mais populares:

"Que todos, em todo o mundo, sejam felizes".

"Que todos os seres, em toda parte, sejam livres e felizes".


4- Gayatri


As 5 cabeças simbolizam os 5 sentidos

O mantra Gayatri é o verso do " Rig Veda ", uma coleção de hinos védicos . É um dos mantras sânscritos mais antigos e familiares. O mantra é nomeado para Gayatri, a deusa dos cinco pranas (sentidos), que se diz proteger o prana (energia vital) daqueles que cantam o mantra. Gayatri também é a deusa da educação. A incorporação deste mantra na prática de yoga acalme a mente e melhore a concentração. O canto do mantra de Gayatri ativa os três chakras superiores: visuddha (garganta), ajna (terceiro olho) e sahasrara (coroa). Esses chakras governam respectivamente a comunicação, intuição e conexão com o Divino.Tradicionalmente, o mantra é cantado diariamente pela manhã, meio-dia e noite.



Em sânscrito, o mantra diz o seguinte:

Om bhur bhuvah svah Tat savitur varenyam Bhargo devasya dheemahi Dhiyo yonah prachodayat


Tradução:

Em todos os três mundos: terrestre, astral e celestial, que possamos meditar sobre o esplendor daquele sol divino que nos ilumina. Que toda a luz dourada ilumine nosso entendimento e nos guie na jornada para a morada sagrada.


5- Sahana vavatu

É um mantra antigo frequentemente usado como uma oração recitada antes de estudar as sagradas escrituras hindus e no início das aulas na escola.


Om sahana vavatu

Saha nau bhunaktu

Saha viiryam karavaavahai

Tejasvi nau-adhiitam -astu

Maa vidvissaavahai

Om shanti, shanti, shanti


Om, que Deus proteja tanto o professor quanto o aluno

Que Ele possa nos nutrir juntos

Que possamos trabalhar juntos com grande energia

Que nossos estudos tenham luz (sejam eficazes)

Que não haja ódio entre nós

Om paz, paz, paz - paz em três formas - em mim, a natureza e as forças divinas.


6- Asatoma

É um mantra usado como uma oração purificadora que é cantada para o bem-estar de si mesmo ou para a humanidade. É uma oração que encorajam o praticante a ser o melhor de si e a residir em um estado iluminado. Este mantra não procura atender às necessidades deste mundo como ganhos materiais, sucesso e necessidades pessoais, mas sim, incentiva o praticante a deixar a dor da ignorância, escuridão e morte deste mundo e residir nos reinos celestes do conhecimento, luz e imortalidade.


O mantra completo é o seguinte:

Om asato ma sadgamaya Tamaso ma jyotir gama Mrtyor ma amrtam gamaya Om shanti shanti shanti


Nos conduza da ignorância ao conhecimento, das trevas à luz e da morte à imortalidade.


Para ouvir esses mantras, acesse minha playlist no spotify clicando aqui


Namastê!

3.613 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page