top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Yoga e Pilates

Apesar de sua popularidade global, Yoga e Pilates continuam a causar confusão, agravada pela crescente variedade de aulas disponíveis em cada disciplina. Yoga é uma prática milenar abrangente que remonta à antiga Índia. Pilates é um sistema físico desenvolvido no início do século XX por um anatomista alemão.


Embora haja alguma sobreposição entre Yoga e Pilates, os dois são fundamentalmente diferentes.



Vamos nos aprofundar nisso para ver o que realmente distingue os dois.


Qual a diferença entre Yoga e Pilates?

A principal distinção entre Yoga e Pilates é que o Yoga enfatiza o lado espiritual e Pilates enfatiza a força do núcleo e se concentra em grupos musculares específicos.

1. O que é Yoga ?

Aqui estão algumas das muitas maneiras de explicar o que é Yoga:

  • Yoga é um método mente-corpo-espírito que usa respiração, movimento e meditação para unir mente, corpo e alma. Também inclui aspectos da filosofia, ciência e um modo de vida moral.

  • Yoga é uma prática espiritual que se originou na Índia. Combina posturas físicas (asanas) com práticas de respiração (pranayama) como um plano de condicionamento físico. O Yoga às vezes é chamado de movimento meditativo, pois incorpora componentes de atenção plena. As pessoas que praticam Yoga dizem que o fazem para melhorar o bem-estar geral.

  • No Yoga, a atenção plena e a respiração profunda são componentes essenciais. Embora existam muitos estilos distintos de Yoga, a maioria das aulas inclui a prática de posturas em um fluxo através de várias sequências de exercícios.

  • Yoga pode ser pensado como uma espécie de exercício físicos e mentais. Inclui atividades para o corpo e para a mente. Isso traz mais consciência corporal além de melhor gerenciamento das emoções.



Para resumir, a característica principal do Yoga é o foco na respiração e no aspecto espiritual.


2. O que é Pilates ?

  • Pilates foi criado por Joseph Pilates, um anatomista e um gênio mecânico. É um sistema físico que se concentra no núcleo e inclui exercícios especialmente focados para aumentar a força, flexibilidade e melhorar a postura. É um exercício disciplinado que deve ser seguido regularmente para colher os benefícios.

  • Joseph Pilates, um jovem doente nascido na Alemanha em 1883, é o protagonista da narrativa de Pilates. Ele desejava melhorar sua saúde aprendendo Yoga, artes marciais e outras práticas mente-corpo. Quando trabalhou com soldados deficientes durante a Segunda Guerra Mundial, ficou mais interessado no movimento do corpo. Ele levou sua abordagem de treinamento para a cidade de Nova York após a guerra, onde foi recebido por dançarinos, atores e atletas.

  • Joseph Pilates criou o Pilates no final da Primeira Guerra Mundial. Foi usado principalmente para ajudar soldados feridos a se reerguerem. Em 1923, Pilates introduziu seu sistema nos Estados Unidos e passou anos aperfeiçoando-o.

  • Embora o Pilates não seja uma prática espiritual, tem raízes de cura e reabilitação. Joseph Pilates, o inventor alemão, mudou-se para a Inglaterra em 1912. Ele foi encarcerado com outros alemães que trabalhavam em um hospital na Ilha de Man quando a guerra eclodiu. Ele desenvolveu as bases de seu Reformer, Cadillac, e aparato de cadeira aqui, usando molas para ajudar pacientes acamados a desenvolver seus músculos.

  • Pilates é uma forma de treinamento de força e resistência em que você usa seu peso corporal para criar resistência e fortalecer seus músculos com ou sem a ajuda de aparelhos. E embora possa te ajudar a tonificar e construir seus músculos, não o ajudará a aumentar o volume. Se você deseja ganhar massa muscular, provavelmente precisará incluir o levantamento de peso tradicional (musculação) em sua rotina de exercícios.



Para resumir, o Pilates se concentra em pequenos movimentos que exigem importantes músculos estabilizadores das costas e do núcleo e na construção de grupos musculares específicos. Além disso, é enfatizada a importância de iniciar cada exercício com uma respiração controlada que desencadeie uma contração dos músculos centrais.


Por outro lado, o Yoga pode ser mais calmante e focar em componentes contemplativos. No entanto, também usa o núcleo e aumenta a força muscular.


3. Benefícios do Yoga

Os benefícios do Yoga foram exaustivamente pesquisados. A prática de Yoga, além de seus benefícios físicos e emocionais, demonstrou ajudar com uma variedade de condições médicas, incluindo:

  • Ansiedade

  • Depressão

  • Alivia o estresse e doenças relacionadas ao estresse, como dores de cabeça tensionais

  • Esclerose múltipla

  • Artrite

  • Condições respiratórias

  • Pressão alta

  • Dor crônica

  • Diabetes tipo 2

  • Alivia a dor lombar e a dor no pescoço

  • Melhora o equilíbrio

  • Melhora o sono

  • Alivia a dor da osteoartrite do joelho

  • Alivia alguns sintomas da menopausa

Yoga e Pilates pode:

  • aumentar a força e resistência muscular para melhorar a estabilidade e mobilidade

  • melhorar a flexibilidade e a postura

  • levar a um melhor equilíbrio

  • resultar em diminuição da dor nas articulações

  • aliviar a dor lombar

  • controlar peso.

  • reabilitação física: dor nas costas, dor no pescoço, escoliose, esclerose múltipla

  • reduzir o estresse



O Yoga oferece mais benefícios psicológicos para melhorar o bem-estar geral, enquanto o Pilates se concentra em recuperação e mobilidade.


4. Tipos de Yoga

As aulas podem ser calmas e nutritivas até desafiadoras e suadas. Há uma aula de Yoga para todos, desde tipos mais convencionais como Hatha Yoga até variedades que podem ser mais rápidas ou envolver posições mais desafiadoras como Vinyasa ou Ashtanga. As posturas são frequentemente modificadas pelos instrutores para atender às demandas de seus alunos.


Tipos de pilates

Há menos variações dos ensinamentos de Pilates. No entanto, o Pilates clássico, que combina o treino no solo com vários aparelhos de Pilates, é considerado a forma mais pura da prática.


5. Quais são as semelhanças entre o Pilates e o Yoga?

  • Tanto o yoga quanto o Pilates podem ser feitos com apenas alguns equipamentos. Eles exigem um tapete (mat) e, às vezes alguns suportes adicionais, como um bloco, faixas ou um anel de Pilates.

  • Yoga e Pilates, são famosos por suas múltiplas vantagens para a saúde, que vão desde a conexão do corpo e liberação de estresse até o desenvolvimento da flexibilidade, força, controle e resistência.

  • Ambos enfatizam a respiração diafragmática, ou respiração profunda na barriga, como forma de usar a respiração adequadamente durante a atividade.

  • Yoga e Pilates podem ser ajustados para vários graus de condicionamento físico.

  • Ao contrário de muitos outros tipos de exercício, Pilates e Yoga são exercícios de baixo impacto, baixa intensidade e inclusivos.

  • Qualquer pessoa (homens, mulheres, idosos, crianças e feridos) pode praticar Yoga e Pilates.

  • Ambos os métodos ajudam a ganhar força e flexibilidade.

  • Tanto o Pilates quanto o Yoga visam regiões musculares que não são alvo de muitos outros tipos de treinamento.


6. Então, o que é diferente?


  • Ao praticar Yoga, você normalmente adota uma posição e a mantém ou flui para uma posição diferente.

  • No Pilates, você toma uma postura e, em seguida, move seus braços ou pernas para forçar seu núcleo.

  • Algumas das posições são idênticas tanto no Pilates quanto no Yoga; a diferença é que, no Pilates, desenvolvemos alguns desses exercícios mais lentamente do que no Yoga.

  • Yoga geralmente enfatiza interiorização, flexibilidade e estabilidade, enquanto Pilates enfatiza força e mobilidade.

  • Yoga conecta a mente e o Eu interior com o corpo. Pilates foca no condicionamento físico

  • Yoga usa a atenção para se conectar com o funcionamento interno do corpo e o Pilates usa a atenção nos movimentos externos.

  • O foco no elemento espiritual no Yoga é a diferença fundamental.


6. Quem deve praticar o quê?

Depende do que você está buscando. É difícil dizer se Pilates ou Yoga é melhor para você. Para fins terapêuticos uma combinação dos dois é frequentemente sugerida.


Pilates pode ser uma melhor alternativa que Yoga para melhorar sua força. Por outro lado, o Yoga pode ser uma boa opção se você deseja uma prática espiritual que melhora sintomas de ansiedade, estresse e sua saúde geral.


No final, essa escolha é uma preferência pessoal. A escolha está tanto na mente quanto no corpo. Por exemplo, Pilates é preferido por pessoas lógicas, enquanto Yoga é preferido por pessoas criativas.

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page