top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

Dicas de Yoga para iniciantes

Atualizado: 16 de mar. de 2021

Ir à sua primeira aula de Yoga costuma trazer uma certa insegurança. Afinal de contas, tudo aparenta ser muito desafiador: a flexibilidade, as posturas de equilíbrio, as invertidas então! nem se fale... Mas fique tranquilo, pois foi considerando essas questões que elaborei este artigo com tudo que você precisar saber antes de sua primeira aula.


Com essas dicas você chegará em sua primeira aula se sentindo mais familiarizado e confiante.


  1. Lembre-se de que você é responsável pela integridade e pela saúde do seu corpo. Se houver alguma restrição física ou de saúde, ou contraindicação médica, não deixe de avisar ao seu professor. Mesmo sendo saudável, não pratique asanas se tiver febre, gripe, enxaqueca ou qualquer outra doença passageira.

  2. Preencha a ficha de anamnese para que o professor possa adaptar a prática para você.

  3. Se você for mulher e estiver no seu período menstrual, deverá considerar a possibilidade, por motivos energéticos e fisiológico, de não fazer as posturas finais de inversão sobre os ombros ou sobre a cabeça. O instrutor deve te orientar com outras posturas e variações.

  4. Quando for possível, adquira o seu próprio tapetinho, por questões energéticas e de higiene. Assista esse vídeo com dicas de como escolher e comprar o MAT ideal.

  5. O ideal é fazer a prática em jejum, com o estômago, a bexiga e os intestinos vazios. Caso haja extrema necessidade, coma algo leve e em pequena quantidade (frutas são uma boa opção), lembrando sempre de mastigar bem. Prefira os líquidos e hidrate-se antes de começar. Evite comer até meia hora após terminar a prática.

  6. Por razões energéticas, desaconselha-se o banho logo após praticar. Tome banho antes da prática e se precisar tomar banho depois, aguarde pelo menos 1h.

  7. Somente a prática constante irá proporcionar mudanças profundas no seu corpo e na sua mente. Para dominar o método e de fato tirar algum resultado positivo das práticas, é preciso fazer um treino sistemático e constante, de forma que se possa progredir harmoniosamente.

  8. Escolha roupas leves e confortáveis para praticar. Priorize roupas que não cortem a circulação e te permitam ter liberdade de movimentos. Antes de iniciar, tire relógio, pulseiras ou colares, eles podem lhe machucar e atrapalhar.

  9. Se algum exercício produzir dor ou desconforto, avise imediatamente. Ouça o seu corpo. Seja natural e aprenda a usar a intuição e a aplicar a espontaneidade nas práticas. Esforce-se, mas não force os seus limites. Persevere, mas não se torture.

  10. Tome consciência de como os diferentes exercícios modificam a respiração e como isso se reflete no fluxo do seu pensamento. Evite que os ritmos respiratório e cardíaco se acelerem demasiadamente.

  11. Observe a atitude com que você entra na prática: evite a competição, seja com os outros, seja consigo próprio. Evite também comparar seu rendimento de hoje com o de ontem, a prática como tudo na vida é impermanente! A alimentação e até mesmo o estado emocional pode influenciar o rendimento. Não se cobre.

  12. Entre e saia das posturas conscientemente: não ultrapasse a sua resistência e adapte os exercícios às suas possibilidades. Não tensione o corpo durante a permanência nos asanas.

  13. Não esqueça de deixar o celular no silencioso.

  14. Se o seu cabelo é longo, procure prendê-lo de alguma forma, pois solto ele poderá atrapalhar a sua prática e ser um motivo de distração.


Dicas para aula Online:

  1. Nas aulas em casa, prepare bem o espaço, evitando fazer asanas próximo de móveis ou objetos com os quais você possa se machucar no caso de perder o equilíbrio ou cair.

  2. Tenha um instrutor. Essa dica parece óbvia, mas vejo muita gente praticando assistindo vídeos gravados no Youtube. Pelo fato de trabalharmos a parte física, é importante você praticar com alguém que tenha conhecimento, caso contrário você pode se lesionar. Não pratique apenas assistindo vídeos. Mesmo na modalidade online, prefira professores que dão aulas ao vivo.

  3. Nas aulas online ao vivo, posicione a câmera de um jeito que o professor possa te ver de corpo inteiro. Muito mais importante do que você ver o professor, é que ele possa te ver. Só assim ele poderá corrigir seu alinhamento e te orientar. Um bom professor consegue conduzir a aula apenas falando.

Se você preferir, assista o vídeo com dicas:




Vá no seu ritmo e desfrute do Yoga em toda sua dimensão!


Boa prática!


654 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page