top of page
  • Foto do escritorNathalia Morgana

6 razões para praticar Yoga para aliviar artrite

Embora a artrite seja uma condição dolorosa e inflamatória que afeta as articulações, o movimento é a chave para o controle da artrite. Yoga é uma forma segura, suave e eficaz de praticar uma atividade física para melhorar a condição de quem sofre com artrite. Na verdade, o American College of Rheumatology identifica a atividade física como uma parte essencial do tratamento eficaz dos tipos mais comuns de artrite, nomeadamente a osteoartrite e a artrite reumatóide.



Praticar Yoga alivia as dores nas articulações melhorando a saúde e o bem-estar geral

Além de diminuir a dor e melhorar a função e a mobilidade, a prática de Yoga oferece benefícios psicológicos importantes.


6 razões para praticar Yoga para aliviar a dor da artrite


  • Melhora a flexibilidade e amplitude de movimento

A perda de coordenação e força muscular frequentemente acompanha uma amplitude limitada de movimento. Quando os músculos não são usados, eles se tornam fracos e rígidos. Com o tempo, os músculos subutilizados começam a atrofiar, levando a limitações de movimento ainda maiores. Por outro lado, aumentar a flexibilidade ajuda a diminuir as dores no corpo e nas articulações, diminuindo a tensão nas articulações, músculos e tecidos circundantes. Uma prática de Yoga completa para aliviar a dor da artrite ajuda a manter a força muscular e a flexibilidade, movendo as articulações em sua amplitude natural de movimento.


  • Aumenta a capacidade respiratória e os níveis gerais de energia

Pequenos receptores de movimento dentro de nossas articulações enviam sinais para a parte do cérebro que regula a respiração sempre que a gente se movimenta. Quanto mais nos movemos, melhor respiramos. No Yoga trabalhamos muitos movimentos sincronizados com a respiração. Uma respiração melhor leva a mais agilidade mental, uma perspectiva mais positiva e uma maior capacidade de controlar o estresse diário. Em termos simples, quando você respira com mais liberdade, você tem mais energia e aproveita mais a vida. A forte ênfase do Yoga na respiração ajuda a manter os músculos respiratórios ativos e flexíveis.


  • Melhora o equilíbrio e a postura

Um dos maiores medos das pessoas com artrite nas costas, quadris e pés é o medo de cair. Como resultado, as pessoas tendem a limitar seus movimentos ao que parece "seguro". Ao praticar as posturas de equilíbrio do Yoga, como a postura da árvore (Vrksasana), você pode aprender a se compensar e se endireitar quando perder o equilíbrio. A prática de equilíbrio também ajuda a construir confiança e reduzir o medo de cair.


A segunda consequência do movimento limitado é a perda de coordenação e força muscular. A falta de força muscular também contribui para a má postura. À medida que envelhecemos, não é incomum desenvolver uma postura arredondada e andar arrastado. Para neutralizar essa tendência, aumentar a consciência corporal e fortalecer os músculos que sustentam a coluna podem ajudar. Muitas posturas de Yoga, como a postura da montanha (Tadasana), estimulam o alongamento da coluna e também uma consciência corporal mais apurada.


  • Diminua a dor nas articulações

Cientistas e médicos sabem que fatores cognitivos e emocionais influenciam nossa percepção da dor. As práticas de Yoga, como meditação e respiração profunda, fornecem ferramentas não apenas para lidar com a dor artrítica crônica, mas também podem aliviá-la. A meditação muda o cérebro, aumentando a ativação do córtex pré-frontal. A ativação do córtex pré-frontal foi associada a maiores níveis de felicidade e equanimidade. Também há evidências de que a meditação pode reduzir a transmissão dos sinais de dor do tálamo, um importante centro de retransmissão no cérebro, para os centros cerebrais superiores, onde os sinais de dor são interpretados.


Além disso, as práticas de respiração que estendem ou alongam suas expirações acionam o sistema nervoso parassimpático. Esta parte do nosso sistema nervoso é responsável pela capacidade do nosso corpo de se recuperar e retornar a um estado de equilíbrio após sentir dor ou estresse. Exalações mais longas acalmam nosso sistema nervoso e sinalizam ao cérebro que estamos seguros.


  • Reduza a ansiedade, depressão e estresse

Viver com uma condição de dor crônica, como artrite, pode levar a sintomas depressivos. A Yoga ensina técnicas de gerenciamento emocional, práticas respiratórias calmantes e relaxamento muscular consciente, que podem diminuir a ansiedade e o estresse. Ao estudar a filosofia do Yoga, as pessoas com artrite desenvolvem a capacidade de aceitar as dificuldades e reagir com mais calma a situações estressantes ou dolorosas. Cultivar a equanimidade ou uma mente estável e quieta abre a porta para um maior contentamento com a vida como ela é. Além disso, aprendemos a aceitar que as circunstâncias estão sempre mudando.


  • Segurança

Yoga é uma prática segura e cuidadosa para pessoas que sofrem de artrite

Ao contrário de algumas formas de exercício que podem afetar as articulações sensíveis, as formas suaves de Yoga são seguras e benéficas para quem sofre de artrite. Estudos de Yoga para indivíduos com artrite reumatóide e osteoartrite relataram que nenhum dos participantes experimentou qualquer piora dos sintomas ou lesões articulares. Yoga, portanto, parece ser uma forma segura, viável e agradável de exercício para pessoas com artrite. Tão importante quanto, o Yoga também oferece benefícios valiosos à saúde mental para pessoas que praticam regularmente.


Pronto para começar? Eu recomendo procurar formas suaves e lentas de Yoga, como aulas de Yoga para iniciantes ou Yoga na cadeira. Procure um professor experiente ou terapeuta de Yoga que já trabalhou com pessoas com artrite. Certifique-se de informar ao instrutor que você tem artrite e peça sugestões sobre como modificar a prática para proteger suas articulações e evitar lesões. Seu instrutor será capaz de fornecer orientações e sugestões específicas para modificar a prática para o seu corpo. E, claro, fale com seu médico ou reumatologista antes de iniciar uma nova rotina de exercícios.

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page